Segundo um estudo que avalia o intercâmbio global de tráfego de dados, a Interconexão, considerada como a troca de dados de forma privada e direta entre as empresas e os seus parceiros de negócio, é considerada ideal para as organizações atuarem no mercado digital.

De acordo com alguns especialistas, a banda da Interconexão deverá superar, em 2021, os 8.200 Terabits por segundo (Tbps), ou o equivalente a 33 Zettabytes (ZB) de troca de dados por ano, um expressivo aumento em relação à projeção do ano anterior. Isso representa quase dez vezes o crescimento projetado do tráfego da internet comum.
Muitas tendências macroeconômicas e tecnológicas estão convergindo para criar uma nova era, integrando de vez os mundos físico e digital. Este índice mostrou que as empresas estão adotando a Interconexão para se ligarem aos seus parceiros corporativos, uma vez que as formas tradicionais de conectividade já não estão atendendo aos exigentes requisitos.

A adaptação das empresas à era digital pressupõe muitos desafios principalmente devido à saturação da internet, que já não proporciona a eficácia e a segurança que os negócios exigem e justamente para suprir estas deficiências, as empresas estão recorrendo às soluções de Interconexão, que garantem a conectividade privada, eficiente e segura com os seus parceiros, funcionários e clientes.

Entre as principais tendências que impulsionaram o crescimento da Interconexão destacamos:
1- Transformação Digital – Impulsiona a necessidade de suportar interações em tempo real entre pessoas, coisas, locais, nuvens e dados, de modo a permitir a captação de valor. Pelo menos 50% do PIB mundial estará digitalizado até 2021.

2- Segurança Cibernética – As violações de cibersegurança são um dos riscos mais sérios que o mundo dos negócios enfrenta atualmente. Até 2021, o custo global das violações de segurança cibernética atingirá 6 triliões de dólares.

3- O aumento do número de usuários – Até 2021, irão duplicar as organizações que usam Interconexões e o relacionamento com empresas fora do core business da organização deverá quase triplicar.

Pode-se afirmar com certeza que a conectividade privada, assegura disponibilidade total, de forma controlada dos dados, assegurando elevados padrões de segurança que correspondem às informações críticas com as quais trabalhamos.

Num futuro próximo, com a crescente adoção de serviços na nuvem, as interconexões existentes se expandirão, estabelecendo ligações com os provedores desses serviços, garantindo mais confiança e mais velocidade nas operações.