Os impactos da tecnologia na sociedade mostram-se abrangentes e proporcionam diariamente inúmeros benefícios, sejam nas áreas sociais, empresariais ou até mesmo da saúde.
No segmento empresarial, o avanço tecnológico possibilitou uma simplificação nos negócios e, principalmente, na gestão organizacional.
Para ilustrar melhor, vamos entender o significado da palavra tecnologia: teoria ou análise organizada das técnicas, procedimentos, métodos, regras, âmbitos ou campos da ação humana.

Ou seja, processos, metodologias, ferramentas, modelos, tudo é tecnologia também. Em síntese, na hora de definir a importância dos impactos da tecnologia na sociedade atual três palavras ganham protagonismo: simplificar, otimizar e inovar!

Simplificar
A tecnologia é uma grande aliada dos processos da organização. Ela é capaz de se adequar a qualquer etapa da operação diária. Se aplicada de forma eficaz, a tecnologia pode reduzir suas etapas burocráticas e aumentar a qualidade de entrega. Isso se deve ao fato dela reduzir o retrabalho, além de possibilitar o monitoramento e acompanhamento de todas as etapas de um processo na empresa. Dessa forma, fica muito mais fácil tomar decisões assertivas em todos os âmbitos, alcançando a excelência operacional e a economia de custos.

Otimizar
Os recursos de uma empresa são commodities valiosos para elevar seus resultados, entre os recursos mais preciosos estão processos, tempo, mão de obra qualificada, sistemas e caixa.
Todos esses commodities empresariais podem ser otimizados com o uso da tecnologia, o modo principal dessa otimização é chamado atualmente de automatização em sua maioria.
Sua integração com as demandas da empresa é capaz de reduzir uma entrega de meses para semanas. Seja ela qual for, a automatização de processos eleva o grau de excelência na entrega, reduz o tempo de produção e praticamente zera o gasto em tempo naquele processo determinado.

Inovar
Inovação é o maior desafio encontrado entre as empresas que se veem no mercado digital do século XXI. Levar algo novo se mostra cada dia mais difícil e por isso também é a palavra que mais agrega valor ao seu serviço ou produto.
Inovar diz respeito principalmente a levar algo novo, seja em experiência, tecnologia, aplicação ou ferramenta, para levar inovação à sua empresa é necessário entender seu mercado a fundo e buscar soluções que ainda não estão sendo aplicadas de modo efetivo.

Transformação digital
Cada vez mais os processos analógicos estão migrando para métodos digitais, uma vez que geram mais autonomia, produtividade e inteligência na gestão de processos e pessoas.
Para ter uma ideia sobre como a transformação digital está se tornando obrigatória em todos os setores de uma empresa, basta observar as dificuldades das mesmas em organizarem processos, entregas e análises manuais no dia a dia de sua operação e experiência do cliente. Hoje, o que mais precisamos é agilidade e facilidade, portanto, é necessário ter uma conscientização de que no cenário atual as empresas que não se adaptarem a esta nova realidade perderão para a concorrência.
Um dado extremamente relevante é que, em média, 67% da jornada do consumidor é realizada digitalmente. Dessa forma, otimizar ao máximo a experiência digital do usuário é fundamental para que haja conversão em vendas.

Experiência digital
Você pode reparar que no mercado de trabalho surgiram novos cargos que até cinco anos atrás não existiam, como UX, UI, Product Manager, Product Design e Customer Success. De um modo geral esses profissionais vieram agregar em um único pilar: experiência, afinal é a experiência que determina como sua empresa se posiciona frente a seus clientes, pois é com eles que você vai alavancar o seu negócio. Pensando em levar soluções que facilitem o dia a dia de forma interativa, prática e acima de tudo intuitiva, os hábitos de consumo digital mostram que cada vez mais os usuários buscam independência em suas ações. Eles não querem mais solicitar ajuda para executar algo rotineiro.

Bônus
Se está curioso sobre quais são as principais tecnologias e metodologias do momento vamos descrever as cinco principais sugestões que valem uma leitura mais profunda sobre o tema.

1º – Inteligência artificial
Inteligência artificial é a inteligência similar à humana exibida por mecanismos ou software. São scripts com algoritmos empregados para um aprendizado contínuo, conhecidos como “Machine Leaning”.
Entre os mais famosos estão o Watson da IBM, Tensor Flow do Google e a Siri da Apple.

2º – Realidade aumentada
Realidade aumentada é a integração de elementos virtuais a visualizações do mundo real através de uma câmera e com o uso de sensores, a interatividade é o principal motivo da Realidade Aumentada estar em alta, ela trás uma sensação humana as interações tecnológicas.
Entre os exemplos mais famosos temos o Pokemon Go e a nova versão da Hololens da Microsoft.

3º – Big Data
É a área que estuda como tratar, analisar e obter informações a partir de conjuntos de dados grandes demais para serem analisados por sistemas tradicionais. Eles combinam dados de hábitos humanos por padrão para entender os motivos de suas atitudes. Isso deu início ao modelo Data Driven (tomadas de decisão baseado em dados reais) que nos dá uma expectativa tangível de resultados de nossas ações empresariais.

4º – Metodologias ágeis
As metodologias ágeis são abordagens para o desenvolvimento de produtos que estão alinhadas com os valores e princípios descritos no Manifesto Ágil que surgiu em 2001 mas vem sendo elaborado e melhorado ao longo dos anos. As metodologias ágeis em geral defendem o planejamento adaptativo, times auto-organizados e multidisciplinares, melhoria contínua e o desenvolvimento evolucionário.
A mais famosa entre elas é o SCRUM, onde são organizados processos internos, times, colaboração ativa do cliente no processo de operação e reuniões de acompanhamento constantes.

5º – Modelo Micro Moments
Surgiu como um manifesto modelo do Google, ele leva em consideração que na era “multi-abas” a tomada de decisão tem se tornado mais curta e isso leva as pessoas a quase milissegundos de pensamento antes de fazerem, buscarem ou perguntarem por algo.
Eles dividem esse manifesto em 4 pilares principais de um usuário:
Eu quero saber;
Eu quero ir;
Eu quero fazer;
Eu quero comprar.

Esse princípio pode ser aplicado em diversos processos quando o assunto for buscar a atenção de seus clientes e prospects. Assista ao vídeo-manifesto e entenda como ele funciona:

Se você gostou dessa matéria, continue acompanhando nosso blog para mais novidades.